ARTIGOS

07/03/2019

CONHEçA A PRISãO DO SéCULO XIX QUE VIROU HOTEL NA HOLANDA:

Guia - Hotéis - Convenções

O local abriu suas portas em 1862, funcionando como cadeia, e passou muitos anos desativados até voltar a receber detentos em 2002. Em 2007, o edifício voltou a deixar de funcionar como casa de detenção para dar lugar a um luxuoso hotel. Hoje, pessoas vindas de diferentes lugares do mundo se hospedam no Het Arrestuhuis, ou, em português, 'A Casa de Detenção'.

 

Quem pensa que vai encontrar um ambiente sombrio, que lembre o passado carcerário do hotel, se engana: as 150 celas foram transformadas em 40 quartos e suítes de luxo, com decoração elegante e sofisticada. O pátio, onde os detentos saíam para fazer exercício, foi transformado em café, e o hotel também conta com sauna, centro de fitness e um pátio central com oliveiras e uma horta de ervas orgânicas.

 

Da arquitetura original, restam apenas a fachada e as portas, criando um interessante contraste com o ambiente de luxo e modernidade encontrado atualmente.

 

Desde sua inauguração, o Het Arrestuhuis se transformou, não só numa curiosidade, mas também em um dos hotéis mais exclusivos de Roermond. Com confortos e serviços de luxo, Het Arrestuhuis tem diárias a partir de R$ 356, similares ao Hotel Dux, com diárias a partir de R$ 330, e mais caro do que hotéis como o Hotel Roermond, com diárias a partir de R$ 152, ou o Fletcher Landhotel, que tem diárias a partir de R$ 200. 

 

 

Para mais informações, acesse: www.hetarresthuis.nl