NOTÍCIAS

28/12/2018

COMO VIAJAR DE AVIÃO COM O SEU PET: DICAS E REGRAS

Guia - Hotéis - Convenções

Um dilema comum às famílias que possuem animais de estimação é o que fazer com eles durante uma viagem. As quatro principais companhias aéreas brasileiras (Tam, Gol, Avianca e Azul) decidiram investir nesse mercado, oferecendo transporte de cães e gatos na cabine de passageiros, ou no compartimento de cargas da aeronave.

 

 

Voar com um pet não é uma tarefa simples, porém, atualmente, é algo plenamente viável. Requer um pouco de planejamento, adaptação do animal e o cumprimento de algumas exigências das companhias aéreas, como:

 

✓   Informe-se das regras de transporte de animais da companhia aérea antes de comprar a passagem, algumas empresas que não permitem o transporte de animais na cabine e tem restrições para o transporte no porão;

 

✓   Verifique a documentação de vacinação do seu animal. É necessário apresentar o certificado de vacinação antirrábica (para             animais com mais de 3 meses de idade), aplicada entre 30 dias até 1 ano antes da data do embarque. Caso a vacina esteja vencida ou não seja possível comprovar a vacinação (como acontece em campanhas públicas), é necessário reaplica-la pelo menos 30 dias antes do voo;

 

✓   Se não tiver, compre uma caixa de transporte para animais, encontrado facilmente em petshops. A caixa de transporte precisa ser resistente, bem ventilada e com tamanho adequado ao animal. Leve as especificações da companhia aérea para medir e comparar as dimensões na loja. Lembre-se que o animal precisa de espaço para se movimentar e que vai ficar naquele espaço durante toda a viagem;

 

✓   Cerca uma semana antes do voo procure um veterinário e peça o atestado de saúde para viagens aéreas para o seu animal. Cada companhia tem sua regra, mas atestados emitidos no máximo 10 antes da data do voo são aceitos por todas as empresas nacionais;

 

✓   Calmantes não são recomendados em viagens de avião, pois podem provocar efeitos colaterais, tais como sedação excessiva, relaxamento muscular ou até excitação e ansiedade paradoxal. Só utilize se for expressamente recomendado pelo veterinário;

 

✓   Caso o animal vá no porão, identifique-o e identifique também a caixa de transporte. Utilize um tapete higiênico para forrá-la e deixe uma pequena peça/pedaço de roupa com ele dentro da caixa;

 

✓   Se o animal estiver viajando na cabine, ele deverá ser colocado abaixo do assento e deve permanecer dentro da caixa durante toda a viagem;

 

✓   No desembarque, caso tenha viajado no compartimento de carga, o animal será retirado do avião e colocado na área de retirada das bagagens. Ele não será colocado na esteira.

 

 

A seguir você verá em maiores detalhes os procedimentos e custos para voar com o seu animal nas 4 maiores companhias aéreas brasileiras: