ANTES TARDE DO QUE NUNCA

11/03/2021

  O setor turístico foi um dos primeiros a ser afetado pela pandemia da Covid-19. No primeiro semestre, combinavam-se o receio quanto à infecção doença, às dificuldades impostas por medidas de distanciamento social não padronizadas no País e às incertezas da economia e, portanto, dos proventos de parte significativa da população.

 

  O cenário não é pleno de certezas e a pandemia ainda não foi superada, contudo, há avanços reconhecidos e adaptações exitosas capazes de garantir um bom nível de segurança que garanta a retomada de setores e atividades, dentre eles, os turísticos.

 

  Mesmo com todos os problemas, tais como o da insegurança e instabilidade econômica, o Brasil segue sendo um dos destinos turísticos mais procurados do mundo. Com as suas dimensões continentais e as diversidades de culturas, o país vinha se mantendo no topo da preferência de turistas norte-americanos e europeus.

 

  Pesquisa sobre o perfil, hábitos e percepção dos viajantes estrangeiros que visitaram o país em 2019, revelou que a experiência turística brasileira superou ou atendeu plenamente a expectativa de 87,7% dos entrevistados e 95,4% pretendem voltar ao país.

 

  Contudo, bons augúrios sinalizam que a empreitada pode ser bem sucedida. Claro, não se deve esperar que qualquer êxito seja obtido sem empenho e trabalho duro, em articulações do setor privado com as administrações públicas, em âmbito municipal, estadual e federal.

 

  Isto posto, vamos seguir no anseio da vacina para todos e com isso voltarmos a esplender !

 

← Voltar