CACHAÇA SANHAÇU NORDESTINA ORGÂNICA TEM 35 PREMIAÇÕES

27/07/2021

  Cerca de 85 Km da capital Recife está localizado o Engenho Sanhaçu, na Zona Rural de Chã Grande, município vizinho da cidade turística de Gravatá, no Agreste de Pernambuco. O espaço, que por ano recebe visitantes do Brasil e do mundo, ampliou os dias de visitação. A rota, que já faz parte do turismo rural de Pernambuco, inclui tour rural e pedagógico para todas as idades. O visitante vive a experiência de conhecer a produção orgânica da cachaça, açúcar mascavo, rapadura e mel de engenho. Responsável pelo empreendimento, a família Barreto agregou um processo com diversas iniciativas sustentáveis.

 

  No mercado há 13 anos, a Sanhaçu é a primeira marca com certificação orgânica de Pernambuco. Há seis, tornou-se o primeiro engenho do Brasil movido a energia solar. No sítio, toda água da chuva é reaproveitada com sistema próprio. Elk, Max e Oto Barreto, irmãos à frente da Cachaça Sanhaçu, comemoram a visibilidade e reconhecimento da Sanhaçu, que além de chegar em todos os Estados do Brasil, conquistou consumidores também no exterior. Até o momento a Cachaçaria acumula 35 premiações. Entre os destaques, o Concurso Mundial de Bruxelas e o Ranking da Cúpula Nacional da Cachaça. No Concurso Nacional de Vinhos e Destilados do Brasil, a Sanhaçu também é finalista em diversas categorias.

 

  O local dispõe de atrativos para o público infantil como balanços na área de proteção ambiental e amarelinha, uma das brincadeiras mais preferidas pelos pequenos. Quando se fala em doce, impossível não ter semelhança com as crianças, durante o passeio elas podem degustar rapadura e mel de engenho, por exemplo. Além dessas mesmas degustações, o público adulto pode degustar outros produtos. Em sua linha, a pernambucana tem opções que podem ser encontradas na loja da fábrica.

 

  “A sanhaçu conta também com espaço pet friendly, onde crianças podem trazer seus pets e desfrutar de toda área rural, pois afinal os bichos adoram”, adianta Elk Barreto, diretora do grupo. Ela acrescenta também que diante das restrições causadas pela pandemia, é necessário que todos visitantes respeitem o distanciamento social. “Para a visitação é necessário que os visitantes utilizem máscaras e respeitem as medidas de segurança estabelecidas pelas organizações sanitárias de saúde”, acrescenta. Para mais informações, agendamentos e dúvidas, ligue para: (81) 9 9226.6474.

← Voltar